Segunda-feira
17 de Fevereiro de 2020 - 

Acompanhe seu Processo

Insira seu email e senha cadastrados para acesso:

Notícias

Previsão do tempo

Hoje - Salvador, BA

Máx
31ºC
Min
25ºC
Chuvas Isoladas

Terça-feira - Salvador, BA

Máx
30ºC
Min
25ºC
Chuvas Isoladas

Quarta-feira - Salvador, BA

Máx
32ºC
Min
26ºC
Chuvas Isoladas

Quinta-feira - Salvador, BA

Máx
32ºC
Min
26ºC
Chuvas Isoladas

Hoje - Belém, PA

Máx
31ºC
Min
23ºC
Pancadas de Chuva

Terça-feira - Belém, PA

Máx
31ºC
Min
24ºC
Pancadas de Chuva a

Quarta-feira - Belém, PA

Máx
31ºC
Min
24ºC
Poss. de Panc. de Ch

Quinta-feira - Belém, PA

Máx
28ºC
Min
24ºC
Pancadas de Chuva

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . . . . .
Dow Jone ... % . . . . . . .
França 0,43% . . . . . . .

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 4,32 4,32
EURO 4,68 4,68
PESO (ARG) 0,07 0,07

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

DECISÃO: Servidor em licença para tratamento de saúde pode ser dispensado de função comissionada observados os critérios de conveniência e oportunidade da Administração

Embora o servidor tenha direito à preservação de sua remuneração, conforme assegurado por lei, há discricionariedade inerente aos atos de designação e dispensa de função comissionada e o reconhecimento da possibilidade de que a dispensa seja levada a efeito a qualquer tempo, por critérios de conveniência e oportunidade da Administração, inclusive quando o servidor estiver afastado de suas atividades por motivo de licença para tratamento da própria saúde. Com base nesse entendimento, a Segunda Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) negou provimento à apelação de uma servidora contra a sentença, do Juízo Federal da 19ª Vara Federal da Seção Judiciária de Minas Gerais, que negou o pedido da requerente para anular o ato administrativo que a dispensou da função comissionada no período em que gozava licença para tratamento de saúde. De acordo com o relator, juiz federal convocado Alysson Maia Fontenele, a questão supostamente controvertida já se encontra pacificada no sentido de que “no caso de o servidor que se encontra em licença para tratamento de saúde ser exonerado da função comissionada, não mais fará jus à respectiva gratificação em face do disposto no art. 202 da Lei nº 8.112/90”. A decisão do Colegiado foi unânime. Processo nº: 0088179-39.2010.4.01.3800/MG Data do julgamento: 30/10/2019 Data da publicação: 28/11/2019 RF Assessoria de Comunicação Social Tribunal Regional Federal da 1ª Região  
13/02/2020 (00:00)

Contate-nos

Advocacia & Consultoria Jurídica Galvão - Belém/PA

Rua Tiradentes n°  391  Sala 04
-  Reduto
 -  Belém / PA
-  CEP: 66053-330

Advocacia & Consultoria Jurídica Galvão - Salvador/BA

Rua Miguel Burnier nº  185
-  Barra
 -  Salvador / BA
-  CEP: 40140-190
+55 (71) 999201814
Visitas no site:  2933869
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.